Bem-vindos ao novo Sobre O Tatame

“Porque desistir seria muito fácil”, né.

stronger
As vezes, é necessário recuar e observar. (Foto: Reprodução)

Um trabalho que começou meio sem jeito e com um pensamento: “Como levar algo de caráter informativo de maneira simples e que seja como uma conversa de bar entre amigos?”. Começou assim lá em 2014 e, em 2015, ganhou mais peças e formou-se um time com opiniões certeiras e dúvidas recorrentes. Mas que mais tarde resultou em caminhos mais separados, autênticos e com voos mais altos.

Em meio a isso, dúvidas, questionamentos, erros, acertos, um desânimo e medo surgiram, mas a curiosidade foi maior. Aquilo que funcionava como uma “Kryptonita”, ressurgia como fôlego com a simples ideia de que: “O não você já tem, então que custa tentar?”. Portanto, conversas rolaram, feedbacks e uma nova maneira de tirar as ideias do papel nasceu:

LOUSA
Talvez uma das adesões mais legais para aumentar a produtividade e tirar ideias do papel. Recados que tu vais dormir e acordar com elas literalmente na tua cara.

Sim, o espaço agora é blog? É um site? Afinal, é o quê?

Bom, esse trabalho ocorreu em silêncio, em meio ao mar de bytes, opiniões e a percepção de que o mundo anda a beira de um colapso a qualquer instante. E que, além disso, muita gente desconhece as riquezas da própria “casa” (leia-se lugar onde mora) mesmo navegando por caminhos virtuais distantes e até mesmo fazendo o caminho rotineiro de casa-trabalho-casa. Com isso, surgiu uma nova velha ideia, com a essência de antes e maturidade do depois: o novo Sobre O Tatame.

 

HOME
Depois de um pouco de suor e vontade, saiu. (Valeu, Raul!)

Reuni forças, anotações, críticas, contrapontos e umas boas porradas para trabalhar em um projeto que tem o objetivo de conversar mais com pessoas que apenas buscam um canto para desfrutar no palco diário de treino da vida (por isso “o tatame”).

Cada detalhe aqui foi pensado como um ponto a fim de distribuir um bom momento de informação, interação e opinião. Um espaço que julgamentos poderão até se fazer presentes, mas as opiniões sábias participarão trazendo um campo fértil de diálogo em prol ao conhecimento.

Então como isso vai rolar? Aí entram os itens abaixo.

Na casa

Logo na Home é possível visualizar todas as categorias e por onde os conteúdos irão navegar. Logo abaixo temos um “carrocel” com quatros postagens relevantes (ou se preferir destacados) sobre o que o site está trabalhando no momento. E, mais embaixo, teremos mais cinco textos sempre seguindo uma ordem cronológica de conteúdos que o site é abastecido.

Já no rodapé da Home temos um espaço que em breve irá entrar o canal no YouTube do site (tirando assim a minha foto), mais ao meio três links para Contato, O Tatame (que explica o nome do site) e uma página para conhecer a equipe por trás de toda arquitetura presentes aqui nessas linhas. Além, claro da Newsletter (assina! rs) e endereços para as redes sociais.

Categorizando os treinos

Serão oito categorias, cada uma irá trazer uma ideia que levará o próprio nome. Como assim? Explico: cinema (com dicas e curiosidades; Tanto das obras do circuito comercial, quanto Cult e independentes), comportamento (aquele material que envolve reflexões), crônicas (sobre a arte de contar histórias), listas (divertidas, inusitadas e curiosidades), músicas (entrevistas, dicas e espaço para novos artistas) e viagens (relatos, quem sonha em pegar uma mochila e cair no mundo, além de dicas também). Mas duas possuem peculiaridades que serão explicadas a seguir:

Atitude

Aqui serão reunidos projetos e intervenções que merecem ser conhecidos mundo a fora. Serão ideais de cunho social, cultural e coletivo. Em que serão mostrados o potencial e como algumas dessas ideias podem melhorar o cenário de um bairro, cidade, estado ou até de uma nação.

Serão textos e entrevistas que reunirão ideias boas de pessoas que tiveram a atitude de iniciá-las e geram um impacto significativo nos lugares que são aplicados.

Sabe aqueles projetos inspiradores e/ou pessoa que inspira? Pois é.

Tendências

Parte dos meus trabalhos envolvendo conteúdo na internet foram compartilhando vídeos, imagens e outros materiais com uma mensagem agregadora por trás de cada uma delas. Foram várias postagens a respeito de coisas simples como a importância de agradecer, ter um estilo de vida que você pode receber amor em troca, a importância do profissional que cuida das emoções, sobre como tornar as coisas com mais sentido na vida, o papel de um pai ou mãe, sobre quem sofre quando os pais se divorciam. E, também, tiveram aqueles outros que envolveram verdadeiros momentos de reflexão e aqueles outros que buscam incentivar ideais altruístas e genuínos.

As tendências que serão publicadas aqui visam compartilhar um simples momento de respiração e lembrar que nem tudo está perdido e que podemos ser verdadeiros caçadores de bons exemplos e protagonizar verdadeiros momentos alegres.

Até porque vale a pena ter fé na humanidade.

Marca

A marca foi criada pela artista Neila Albertina, uma jovem estudante de Arquitetura e dona de uma alma de artista sem tamanho. Ela compartilha seus trabalhos com os pincéis e personalidade por meio de sua conta no Instagram, e ela elaborou a nossa aqui depois de um papo despretensioso que tivemos e depois via conversa de WhatsApp. Clique aqui e conheça o trabalho dela, vale muito a pena.

logo
E, segundo um amigo, a aquarela lembra um mapa mundi também. rs

A fonte/escrita é inspirada em uma técnica de caligrafia japonesa chamada Shodo ou O Caminho da Escrita. A aquarela verde e azul traz uma mistura de seriedade e esperança, como as próprias cores sugerem. E por baixo, temos a textura de um papel levemente amassado, textura essa que ficará de fundo de cada texto publicado aqui como a leitura tivesse, de fato, em um pedaço de papel.

Curiosidades e objetivo deste espaço

Por falar em leitura, ao lado de cada texto haverá um botão de “acender e desligar a luz”. O objetivo dessa ferramenta é justamente “apagar” tudo envolta e deixar apenas o texto em evidência, assim facilitando a leitura.

A caixa de comentário que optamos foi por meio da ferramenta Disqus, em que é bastante simples realizar cadastro (pode ser por meio do e-mail ou contas de redes sociais como do Twitter e Facebook) e você poderá ter seus comentários avaliados e respondidos. Tudo isso você será notificado por meio da ferramenta.

Redes Sociais e conteúdos exclusivos

Sim, as redes sociais desempenham um papel quase que fundamental na sobrevivência e divulgação de um espaço como blog ou site. Mas não queremos usá-las apenas para isso e, pensando nisso, optamos criar materiais voltados apenas para estes veículos. Ou seja, além de divulgação de textos e materiais publicados aqui no site, haverá materiais de caráter audiovisual e curiosidades em cada uma das plataformas que usaremos. Plataformas estas que serão: Twitter, Facebook, Instagram e YouTube.

Além disso, teremos todo fim de mês, um resumo de todas as atividades criadas no site. Um resumão para você que não teve tempo de acompanhar.


Toda a programação, bytes, linhas de códigos do site foi feita pelo talentoso programador e amigo Raul Tribuzi. Isso mesmo, se você for morador de São Luís ou maranhense, com certeza deve ter feito a ligação com uma famosa ponte da Ilha, pois sim, ele é neto do poeta Bandeira Tribuzi.


Por fim, um projeto como este está em eterna construção, mas o primeiro passo foi dado. Esperamos pitacos, dicas e, quem sabe, um espaço para construir informações sábias e assim saciarmos nossa sede de conhecimento.

Sinta-se a vontade para opinar e seja responsável pelo que pensa e fala. Digam o que acharam e o que seria bacana de ser trabalhado aqui.

Se manter de pé

Contra o que vier

Vencer os medos

Mostrar a que veio

Ter um foco ali

E sempre seguir:

Rumo a vitória

Dead Fish – Vitória

Relacionados

Especial TEDxRuaPortugal: a fotopoesia de Helemozã... Helemozão ou Helen Salomão da Silva e Silva, de 21 anos, fotógrafa cujas lentes  registram empoderamento, feminismo, cultura negra, amor e muito mais. A baiana, natural de Salvador já nos permitiu conhecer um pouco da sua trajetória , para ver a história de Helemozão clique aqui. Foto: Edgar A...
Sobre O Tatame em Pauta: Ansiedade (parte 2) Como falamos na última terça (20), trouxemos a primeira parte do nosso material envolvendo Ansiedade por meio de uma entrevista que fizemos com a psicóloga, Mae Soares - que você pode conferir clicando aqui! E, para esta sexta (23) e assim fecharmos as duas partes, hoje compartilhamos a segunda par...
Magra de Ruim: feminista, arretada e dos quadrinho... P A R A T U D O, que hoje eu venho apresentar pra vocês uma R A I N H A, sim, Si é uma artista que tive o prazer de conhecer o trabalho há uns dois anos, desde o primeiro quadrinho já fiquei I N L O VE . Brincadeiras à parte, Sirlanney tem o poder de tocar a alma. Ela, por meio de seus desenhos e ...
Especial TEDxRuaPortugal: MC Alcino fala sobre afe... Foto: Arquivo pessoal Fiquei feliz quando fui convidado para trocar essa ideia com o MC Alcino e preparar um material para o Especial TEDx Rua Portugal aqui no Sobre o Tatame. Já esperava encontrar um cara do bem,  altruísta e com uma história de vida que serve de exemplo pra muita gente, mas en...
  • Laís Souza Lima :)

    To feliz que você tenha voltado!!! 🙂
    Bora pra frente, amigo!!! Muito sucesso pra vc. Capacidade a gente já sabe que vc tem!
    <3

  • Cyntia Katecare

    Sucesso sempre!!! 🙂