E essa tal felicidade?

O importante é ser feliz!

A máxima que usei para começar nosso papo de hoje é bem bonita, contudo, alguém sabe ao certo o que ela quer dizer? Ser feliz é fazer o que ama? É amar alguém? É ser amado por alguém? Ou realmente as respostas para essas perguntas conseguem compor apenas parte dos distintos significados acerca do que a felicidade representa para cada um de nós?

Durante um TED em 2004 o psicólogo Martin Seligman, ao apresentar o que deveria ser a psicologia dali em diante, segmenta as “vidas felizes” em três tipos: a vida dos prazeres, a vida do envolvimento e a vida com sentido. Recentemente vi um post bem legal no blog da Sociedade Internacional de PNL, que usa a estrutura acima citada para extrair cinco comportamentos que levam à felicidade: saber dizer não quando for preciso; cultivar o amor próprio; enxergar a rejeição como proteção de algo que não deveria acontecer; ter os pés no chão; saber lhe dar com situações adversas.

Esse post foi realmente significativo, achei bem legal a lista de comportamentos, concordei com o Seligman, mas gostaria de acrescentar, que se há variação de significados, comportamentos e caminhos para felicidade, o primeiro passo, o primeiro hábito que deveríamos ter seria “nos escutar”. Como podemos nos amar se não pararmos para nos conhecer de verdade? Como ter os pés nos chão se não pararmos para sonhar? Como saber dizer não quando for preciso e saber lhe dar com situações adversas se não pararmos para conhecer nossas limitações?

Tire algum tempo, se ouça e descubra quem você é. Acredito que quando nos escutamos os caminhos para a felicidade são muitos. Diversos comportamentos surgem,mas o que todos eles tem em comum é a sincronia com o seu “eu”. Você realmente toma posse de quem você é  e a partir daí até os mistérios que estão por vir “já foram escolhidos” por você.

Mas e aí?

O que é felicidade pra você?

Relacionados

Sobre as sementes que plantamos e os terrenos que ... Não sei vocês, mas comigo existem dias em que voo baixo e outros que voo alto, e, nesses picos de emoções, acabo me pegando em inúmeros questionamentos com o intuito de saber qual é a real aqui nesse plano. Nisso, vejo que vamos assim, trilhando caminhos, caindo em becos e guardando aquela sensação ...
Bem-vindos ao Clube, somos gente como a gente Quando iniciei essa ideia de dar vida por meio das palavras, foi algo meio sem jeito, mas carregado de sentimentos e ideias afim de compartilhar coisas que incrivelmente parecem ser banalizadas por aí e o quão nossa incompletude é inerente e responsável por essa experiência intitulada vida. Mas não ...
Sobre jardins e borboletas A vida é como um jardim. Há quem cuide bem de seu jardim. Há quem cuide de vez em quando e tem gente que, ao se preocupar com o jardim alheio, esquece do seu. A beleza de um jardim é reflexo direto dos esforços de seu dono, por isso existem jardins pequenos e grandes, monocromáticos e coloridos, sim...
Eu curto esse pequeno momento antes da tempestade Vale o play: https://youtu.be/kBKAcdZ4eZo Engraçado como o mundo pode virar, assim de uma hora para outra. E nessa inconstância que nos equilibramos e percebemos que viemos para aprender. E quando falo aprender, é dar a cara a tapa e por mais que muitos te chamem de 'maluco', você pode até não...