Sobre legados e sonhos

Muitas coisas da nossa infância só entendemos depois de algumas experiências que passamos em nossa vida. É engraçado pensar que muito do que acabamos por colher na idade adulta é plantado quando ainda estamos tentando entender o que é o mundo, como o compreedemos e qual a importância de tudo a nossa volta. Nessa época nossos olhos brilham com uma clareza, uma alegria, e acima de tudo uma esperança por responder as perguntas, que quando somos adultos parecem ser triviais.

Durante muito tempo gostamos de dizer que a “vida aconteceu” e acabamos por “entender” realmente o que temos que fazer e que ser adulto é tudo isso aí. Estudar para ter um bom emprego, para poder comprar as coisas que “queremos” e também pra ter condições de encontrar alguém, se apaixonar por alguém, ter filhos com esse alguém e daí por diante começar tudo de novo na vida dos filhos. E é nesse ponto que chegamos, o que realmente iremos passar pra quem vem em seguida? Os sonhos que abandonamos ou a conformidade que abraçamos?

Pra quem escolheu a conformidade, pode parecer bem maluco estar ao lado de alguém que resolveu voltar a ser criança, sonhar como uma criança e de repente recuperar um pouco daquele brilho perdido no olhar. Mas na verdade, digam caros leitores, qual é o legado real, ou que vocês tem alguma lembrança, que foi deixado por alguém que escolheu a conformidade? Nada contra a escolha de ninguém, pois também é importante entender que viver de maneira mais “tranquila” pode ter sido realmente o sonho de alguém.

Mas, e aí? O que realmente você quer deixar? Os sonhos que abandonamos ou a conformidade que abraçamos?  

Relacionados

A vida sempre dá uma nova razão Incrível como as surpresas da vida se desenham como se fossem uma montanha russa, e basta aquela sensação gostosa de estar no alto, seguro em um ambiente completamente confiável, pra que logo em seguida venha aquela sensação de chão desabando, um buraco se abrindo,  que parece que vai sugá-lo a qual...
Quem paga o preço da tua liberdade? Recentemente me peguei bem chateado por não estar achando o material para fazer minha aula de capoeira. A chateação estava bem ligada à "sacanagem" que estava acontecendo, pois deixei em um lugar onde não estava mais, e ainda era bem raro conseguir ir a capoeira com regularidade, o resultado foi que...
O que você vai ser depois que esquecer? Ao longo do tempo, de acordo com nossas experiências e relacionamentos, temos a tendência de sobrepor algumas ações e comportamentos, enterramos o que existe de mais genuíno do nosso ser para que as "coisas deem certo". Essa busca por aceitação nos leva a modificar boa parte das nossas crenças, suav...
Sinto muito se não fui seu mais raro amor Que é que eu vou fazer pra te esquecer? Sempre que já nem me lembro, lembras pra mim Cada sonho teu me abraça ao acordar Como um anjo lindo Mais leve que o ar Tão doce de olhar Que nenhum adeus pode apagar... Quando você vive uma determinada situação/experiência/relacionamento, você(s) promete(m) a ...