Sobre O Tatame Sessions #2 apresenta: a sonoridade de Paulão

No nosso quadro “Sobre O Tatame Sessions” deste mês de dezembro trazemos o cantor e compositor, Paulão. Ele que, também, é da banda Pedeginja e tem uma voz marcante com seus um pouco mais de 2 metros de altura e sensibilidade em suas letras.

Nossa equipe gravou o material na casa do escritor maranhense, Bruno Azevêdo e o material completo compilam três vídeos com canções autorais e uma breve história de cada uma delas. Veja o a primeira parte do material com Paulão tocando uma versão de voz e violão da canção “Dia D”.

Assista em HD:

Lembrando que este quadro tem um objetivo simples: evidenciar o talento musical de artistas que admiramos e outros os quais queremos mostrar pro mundo.

Sobre Paulão:

Paulão surgiu no cenário musical maranhense como Paulo César Linhares, compositor, guitarrista e cantor da banda Pedeginja. Após a pausa do grupo, ocorrida no início de 2015, o artista iniciou a gravação de seu primeiro trabalho solo, o álbum “Faz escuro, mas eu canto”.

“Faz escuro, mas eu canto” traz Paulão, jovem profundo e ao mesmo tempo doce, num invólucro de groove, cadência e poesia.


Se você curtiu, mande um feedback ou indique para algum amigo que ache que possa gostar.

Relacionados

O som que rola agora no Fusca 86 #3: o som do pern... Vruum... Vruummmm... Vrum... Tem dias que o Fusca não liga, tem dias que o rádio não pega, mas quem tem Fusca não tem pressa. (Foto: Jonas Sakamoto / Sobre O Tatame) Faz quanto tempo desde a última vez que nos vimos? Senti saudades exatamente na Curva do 90, a 60km/h dentro de um Fusca 86 b...
Não acredito em Zeca Baleiro mas… deixo quat... De linhagem síria, mas com nome mais maranhense impossível (José de Ribamar) e sobrenome “pessoal-artístico” consideravelmente convidativo (Baleiro), Zeca, como o próprio se define: “Nasci em 11 de abril de 1966. Sou ariano, do terceiro decanato, com ascendente em Câncer e Lua em Capricórnio. No hor...
QUINTA SOBRE MÚSICA #5 Poder ver o Lollapalooza Brasil 2015 de perto foi um presente que não sai da mente. Por mais que estivesse cheio de artistas mais recentes, como Young The Giant e Alt-J, não faltaram referências às décadas passadas - vide a apresentação tribal e cheia de excelência de Robert Plant. Sobre estas refer...
5 motivos simples para escutar o som do belga excê... Belga de Etterbeek, Paul Van Haver “vulgo” Stromae – melhor que assim seja dito – e dono do hit da década passada, “Alors or dance”,  é uma das minhas melhores descobertas musicais de todos os tempos. Europeu que nos leva, por vezes, da África ao extremo norte do planeta, passando pela Europa psicod...