A gente não toca mais a mesma nota

Enquanto tanto outros ficam se perguntando sobre amores, seu lugar ao sol ou o que é apalpar uma história dessas que sorrimos sem nem por que, nós engavetamos nossa história.

Não, não que a gente não se ame mais, pelo contrário, acho que nós amamos muito, mas nos perdemos em algum beco da vida, daqueles que um silêncio pode ser ensurdecedor, flertando com o abismo da saudade.

Deveríamos ter previsto isso, mas como? Éramos aquela harmonia disfarçada de alegria, amor que não feria. Era bom… Muito bom.

Eu ainda sinto o som da tua voz, tua respiração e coração palpitando sobre dúvidas que passam longe da razão. Mas agora abro meu coração, porque a gente não toca mais a mesma nota dessa canção.

E não tem nada de errado nisso.

Refletiu nos meus olhos adeus solidão

Duas histórias que se cruzam sem intenção

Combustível pra alma minha inspiração

Povoando minha existência e imaginação

Relacionados

Sobre o idiota que já fui De linha em linha vou escrevendo para lembrar das coisas que já fiz e me envergonhei, e outras as quais me orgulhei. E disso vou indo de vírgulas, interrogações, exclamações e pontos finais enquanto o assunto da minha jornada for crescer e aprender. Nesse meio tempo, vou me perdendo por entre rim...
A vida é uma grande despedida A vida é uma grande despedida. E nem sempre nós temos a oportunidade de dizer adeus. Isso confere certa beleza poética à nossa estadia por aqui. Tudo segue seu fluxo rumo à finitude, mas a gente sempre quer mais. No entanto, é bom que a gente saiba aproveitar aquilo que nos rodeia, e é bom também sa...
As coisas que a gente ama têm que ser livres Sim, e de mãos e peito abertos, porque se tivermos a grata companhia de alguém que amamos ao nosso lado, que ela fique por pura e simples vontade de querer estar ali. Vivenciando experiências que vão lapidando nosso ser e compondo a harmonia do nosso pequeno mundo. Sabe, temos mais é que estar ali...
Um brinde aos vinte e tantos anos Bom dia, linda. Saudades. Abril. 11 meses. Sorriso do abrir ao fechar dos olhos. Impasse. Choro. Muito choro. São Paulo. Estabilizou. Mudança de planos. Psicologia. Saúde mental. Residência. Sobre o Tatame. Fluidez. Catarse. O Lupin. Férias. Viagem. Gente antiga. Gente nova. Ela no mundo. Cabelo lon...
  • Thyago

    Da um monólogo…