Então vem cá

Esquece esse mundo louco, essas pessoas perdidas dentro de si, esquece a nota que você quer pra fechar esse compasso, deixa assim… Pela metade.

Vem cá, vem. Vamos sorrir, dançar, brincar, se divertir, errar. Deixa de lado essa pré-disposição de querer ser perfeita, curto em ti esses traços de imperfeição, essa ideia complexa e simples de que você é assim. Deixa pra lá e vem cá, sério.

Você e essa mania de querer saber por que somos assim perdidos. Perdidos em sonhos, medos, vontades, desejos e anseios. Sinceramente não sei se você sabe, mas tudo que acompanha você nessa maestria de perguntar e não deixar espaço para responder, é essa beleza disfarçada de dúvidas. Encanta, sabe.

Então façamos assim: Eu te puxo, pego tua nuca e arrisco passear nas tuas curvas ensaiando um daqueles beijo que tiram o ar, que faz o batimento acelerar e a alma desnudar.

Não que eu tenha certezas ou precise entrar na fila pra pagar o estacionamento daqui a pouco, mas sim que eu vou aí, para que eu te beije e, quem sabe, seja responsável por um daqueles momentos que você não queria que acabasse aqui ou ali.

Who’s gonna pay attention,
To your dreams?
And who’s gonna plug their ears,
When you scream?

Relacionados

Carta à dona do sorriso mais legal dos últimos tem... Sim, daqueles que só de imaginar, surge uma ponta de alegria que não tem explicação – pois este é um dos melhores motivos para estar de boa e leve. Porque você sabe bem como compartilhar, isso que as linhas que teu rosto faz ao expressar tamanha simpatia apelidada de timidez. Uma carta endereçada a ...
Porra, eu te amo até – ou principalmente ... Porque você ter toda essa versatilidade de garota insegura e zanga de mulher madura, do sorriso tímido, da gargalhada desafinada que posso ouvir quando viro a esquina da sua rua. Por falar em gargalhada, sou apaixonado pela sua voz rouca todas ás vezes que acordo meio perdido sem saber se são as ...
A vida é uma grande despedida A vida é uma grande despedida. E nem sempre nós temos a oportunidade de dizer adeus. Isso confere certa beleza poética à nossa estadia por aqui. Tudo segue seu fluxo rumo à finitude, mas a gente sempre quer mais. No entanto, é bom que a gente saiba aproveitar aquilo que nos rodeia, e é bom também sa...
A Arte de Andar de Ônibus Dentro de um ônibus você pode embarcar em uma viagem de minutos, ou encarar nuances de sua mente. Problemas existem, mas se encararmos tudo como um aventura aleatória, quem sabe nos desprendemos um pouco a materialidade e da rotina que nos encara todo santo dia. Andar de ônibus pra uns pode ser simp...