Existem dois Brasis: o primeiro é um Brasil de ácaros e corrupção e o segundo é jovem e dinâmico

Desde que as manifestações explodiram em junho de 2013, paira no brasileiro um sentimento de mudança e cansaço pelo cenário como as coisas andam. Não está fácil, emprego está difícil, economia fudida e os impostos não cessam funcionando como sanguessugas, aonde o brasileiro quer apenas ser feliz e manter as pessoas queridas bem. Eu sei, têm horas que bate um desânimo, mas hoje compartilho um motivo para não desistir por dias melhores. Trata-se de um motivo para você enxergar dois Brasis e escolher qual quer viver.

O vídeo abaixo é do Leandro Karnal. Se você não o conhece, deixo um resumo de seu currículo: ele é professor Doutor na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), desde 1996, graduado em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (RS) e Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP).

brasiscapasobreotatame
Este é o Leandro Karnal. (Foto: Reprodução)

Apesar de ser uma singela reflexão de apenas três minutos e, também, um agradecimento aos presentes que foram ao lançamento do seu livro “Felicidade ou Morte” na última terça (21), ao lado do filósofo Clóvis de Barros Filho durante o Café Filosófico CPFL, em Campinas (SP), o recado que ele passa é a respeito de dois Brasis que temos hoje.

Os dois Brasis que ele fala trata-se de um com o pé no conservadorismo, com zumbis querendo manter suas regalias e impedindo o desenvolvimento para as próximas gerações. E um outro Brasil com um espírito jovem, com sede de mudança e pé no otimismo e esperança de um futuro melhor com diferenças sociais. Veja só:

 

 

Como falei, o cenário é difícil, é preciso força de vontade e manter viva a chama da esperança por um país mais igualitário e sábio. É preciso educar e trabalhar o potencial de cada um a nossa volta e mostrar que quem cuida do país é a população e não umas centenas de homens e mulheres bem vestidas e estão no Congresso e dia após dia estão se afogando em escândalos e regalias, enquanto existe um povo que está na miséria e não sabe o que terá para comer no dia de amanhã.

E por fim, não sejamos uma geração que deixará como legado problemas e vergonhas para as próximas, mas sim aquelas que, em meio a tanta adversidade, conseguiu respirar um sopro de orgulho por ter deixado as coisas um pouco melhores do que eram antes.

E a seguir deixo algumas perguntas/reflexões: As Olimpíadas representam você? A Copa do Mundo representou? Você se incomoda com o disparate de regiões do nosso país? Você considera alguma região melhor que a outra só porque o desenvolvimento chegou mais rápido que outras? Você acha mesmo que deixamos a desejar em algum aspecto? Você sente orgulho de ser brasileiro? Você tem feito sua parte para melhorar o país?

Relacionados

Especial TEDxRuaPortugal: MC Alcino fala sobre afe... Foto: Arquivo pessoal Fiquei feliz quando fui convidado para trocar essa ideia com o MC Alcino e preparar um material para o Especial TEDx Rua Portugal aqui no Sobre o Tatame. Já esperava encontrar um cara do bem,  altruísta e com uma história de vida que serve de exemplo pra muita gente, mas en...
2016 foi treta, mas nem tudo esteve perdido, teve ... Primeira chuva de dezembro. 2016 indo embora. Que puta ano! Cheio de baixos, devo admitir. Mas rolaram uns altos que trouxeram um afago gostoso no meio do turbilhão – o SoT, por exemplo –. Fiquei procurando uma analogia que abarcasse o Feeling, do momento e do ano. Lembrei de uma cena do filme Clube...
Para o dia internacional da mulher: dê respeito Porque ela tem a mesma condição que você, cara. A condição humana de realizar sonhos e ser capaz de protagonizar momentos que nós nem sonhamos. Pro Dia Internacional da Mulher não vem aqui um texto sentimental, recheado de dizeres que mostra a faceta que é o universo feminino. Pra essa data, o re...
Vencer na vida, um nordeste azul, São João do Mara... Sendo bem direto: junho foi do caralho por aqui. Tivemos quase 12 mil visitantes. Sim 12k!! E isso nos deixa deveras animados, porque é um gás de que estamos no caminho cerco e agregando informações boas por aí. E, para resumir bem, esse post compila tudo que rolou de bom no mês de junho aqui no ...